Ninguém resiste a mudar o que é melhor para si
 

O que você faria se cumprisse a tarefa de correr, correr e correr até ficar a dois metros da linha de chegada e deparar-se com uma muralha de concreto colocada entre você e a meta final?

Imagine a situação e o desconforto da surpresa inesperada! A mesma indignação pode ser sentida se para conquistar um objetivo pessoal, você notasse que a um passo da vitória, aquela velha crença limitante surgisse, forte e vibrante, a anunciar que lhe faltam qualidades para chegar lá.

O velho e impiedoso histórico de justificativas conscientes está sempre alerta para conquistar novos trunfos, mesmo diante do cansaço que às vezes domina os pensamentos de quem sente que está na hora de mudar.

A jovem me procurou chorando, dizendo que fizera uma descoberta importante: precisava mudar...

Disse-lhe que talvez a descoberta a que chegara fosse o mais importante passo no momento pessoal que vivia. E ela completou, dizendo:

- Eu sei; estou chorando porque só me falta identificar o que mudar!

*****

Diante do obstáculo, a pessoa pode escolher a opção que mais lhe convier: ou encosta na muralha e chora pelo fato dela ter sido colocada ali, a apenas dois metros do fim, ou tenta uma alternativa de superar o impedimento, antes que alguém mais ágil ou esperto chegue e vença a corrida.

Na vida é assim para muita gente. Os desafios são inevitáveis. Chegam a toda hora, cobrando atitude firme e tomada de decisão imediata, para que a pessoa não perca a chance de escrever o nome em sua própria história.

Autonomia, clareza de objetivos, senso de direção e oportunidade. Eis alguns dos recursos capazes de definir o sucesso e a maturidade de um ser convicto.

Se o exposto é verdade, o contrário é um fato. Insegurança, falta de capacidade de focar em objetivos precisos, imaturidade e ausência de ideais são elementos em potencial para colocar uma pessoa em risco de não atravessar a linda de chegada.

*****

Se a muralha a ser derrubada é uma limitação interior, o que não podem faltar são conteúdos novos capazes de colaborar com a superação das barreiras.

Eis o que a busca de novos conhecimentos pode favorecer a quem quer ser e fazer diferente a própria vida.

O grande salto de qualidade a ser dado na vida é descobrir o que é melhor para si. Fez a descoberta? Identificou suas áreas de excelência, a serem utilizadas nos empenhos da transformação?

Pronto. Agora é só encarar a luta e abrir caminhos. Ninguém resiste a essa necessidade. A diferença é que alguns descobrem antes dos outros a beleza que é ser melhor a cada dia.

Boa sorte em seus desafios!