O que é Terapia Bio-Cranial?

É com raro orgulho que assinamos essa apresentação, pois pessoalmente, a longo tempo temos observado os resultados clínicos altamente positivos da abordagem crânio-sacral e consideramos a Terapia, hoje chamada de Bio-Cranial, o ápice de todas as técnicas manuais.

Para iniciar, dentro do nosso conhecimento atual de anatomia e fisiologia, como e por que se acredita que o único enfoque mais importantes que os problemas de saúde em geral devem começar em Still e Palmer sempre disseram que deveria; dentro do mecanismo espinhal.

Toda a vida, todo o equilíbrio, o holismo do indivíduo (saúde), somente pode ter continuidade dentro dos limites superimpostos no organismo pela integridade do mecanismo craniossacral. Não há nenhuma distinção substancial entre as condições músculo-esqueléticas e outras, mas que existe uma relação fisiológica entre um faixa de sintomas podendo ser somáticas, visceral ou psicológica.

As saídas do padrão normal das manifestações vitais não são causadas pela inerência do bioplasma, nem pela Força Vital, mas pelas alterações prejudiciais formadas na célula do bioplasma pela substância ou influência externa.

Portanto, a ação vital deturpada sempre resulta de substâncias ou influências externas prejudiciais.

A "Influência Externa" é primeiramente a lesão craniossacral.

A Terapia sobre a qual esses princípios e práticas se aplicam, foi denominada de Terapia Bio-Cranial. Primeiramente, o nome transcende o nome das duas tradições, a da Osteopatia e a da Quiropraxia.

Não suplantam nenhum dos dois, e é uma extensão das filosofias de ambas as escolas. Contidas dentro da compreensão da terapia, espera-se e acredita-se que serão encontradas as chaves das respostas a uma série de perguntas ainda não respondidas no campo da saúde.