INFARTO HEMISFÉRICO MACIÇO PÓS TRAUMATISMO CRÂNIO ENCEFÁLICO EM LACTENTE: EVOLUÇÂO DE UM CASO.
 


Brito, SA; Bortman, A.
Unidade de Pediatria do Hospital e Maternidade Leão XIII

Objetivo: Relatar a evolução, apresentar documentação de imagem de um caso de trauma de crânio submetido a duas cirurgias, que apresentou como complicação: INFARTO HEMISFÉRIO MACIÇO e que, a princípio, parecia ser incompatível com a vida.

Surpreendentemente constatamos, no decorrer da evolução, regressão acentuada dos déficits, mostrando quão gratificante pode ser a neurocirurgia no primeiro ano de vida.

 

Conclusão: O INFARTO HEMISFÉRICO MACIÇO é uma das complicações mais graves do traumatismo crânio encefálico, em geral de mau prognóstico. Apesar disso, pode apresentar evolução favorável em pacientes extremamente jovens, devido à imaturidade do Sistema Nervoso Central e sua capacidade de regeneração.