Pensando com a PNL

Uma habilidade exclusivamente humana, o pensamento, existe em um nível muito profundo de nossa neurologia. Ensinar as pessoas a pensarem mais e melhor, é talvez, o grande objetivo da Programação Neurolinguística.

Possuímos dois níveis de cognição mental: o consciente, que toma conhecimento da própria existência e tem capacidade de perceber, comparar, analisar, avaliar, raciocinar, refletir, etc… e a mente não consciente, que funciona abaixo do limite inferior da mente consciente e capta tudo pelos sentidos comuns (exclusivamente percepção) e sentidos especiais. Estima-se que a mente consciente (principalmente o hemisfério esquerdo do cérebro), lida com dados e informações na ordem de 40 bits por segundo, enquanto a mente inconsciente (estruturas mais básicas e primitivas do cérebro como: reptiliano, sistema límbico e o hemisfério direito do córtex) atinja uma velocidade que vai de 1 milhão a 10 milhões de bits por segundo.

É justamente essa enorme diferença a respeito de dados e informações colhidos e processados que permite a intuição, que é uma resposta em alta velocidade para tudo aquilo que seja útil à criatura em determinado momento de sua experiência de vida.

A Programação Neurolinguística diferencia-se como ciência da psicologia humana justamente porque aborda com eficiência, eficácia e elegância esses dois níveis de cognição mental. A pessoa que aprende PNL, além de pensar melhor com sua mente consciente, aprende a pensar também com a mente inconsciente, passando a utilizar assim todo o manancial de potencialidades que nela existem. Trocando em miúdos, os praticantes de PNL aprendem de fato a utilizar suas INTUIÇÕES, canalizando a grande força de suas estruturas cerebrais mais básicas e antigas para a realização de seus desejos e anseios, sejam eles quais forem.
O ser humano é um animal que apresenta entre suas habilidades fundamentais a capacidade de raciocinar. – do latim: ratiocinari, que significa: fazer uso da razão para depreender, julgar ou compreender, porém é justamente na sua capacidade e EMOCIONAR que está o grande segredo do pensamento.
Já está efetivamente comprovado por meios científicos que as pessoas bem resolvidas na vida são aquelas que DESENVOLVEM INTELIGÊNCIA EMOCIONAL equilibrada, ou seja, são as pessoas que utilizam melhor os recursos da mente não consciente.

E como desenvolver essa habilidade de “pensar” com o inconsciente?
1. Primeiramente é preciso entender o funcionamento da mente humana. Por mais paradoxal que pareça, é preciso estar consciente sobre as potencialidades de nosso cérebro;

2. Em seguida, habituar-se a reconhecer a primeira resposta que a mente não consciente oferece. Ela é geralmente a melhor, mas nem sempre estamos preparados para perceber esses sinais maravilhosos.
Com estas informações em mente, e quando surgirem esses lampejos, esses discernimentos súbitos (os “insights”), devemos ficar atentos para podermos aproveitar adequadamente o que nosso cérebro mostra para quem está realmente preparado para perceber.

Veja todos os artigos de

Outros artigos

Memória ativa

Você já passou pela experiência de ser abordado por uma pessoa conhecida e não lembrar do nome dela? Você já sentiu a sensação de esquecimento quando estava fazendo uma prova,...

Síndrome de Gilles de la Tourette (Síndrome dos tiques)

Os tiques são 4 transtornos geralmente temporários, associados à distúrbios emocionais provenientes de dificuldades na vida familiar, escolar ou no desempenho profissional, em que a auto-estima, freqüentemente, está comprometida (9)....

A regulação da temperatura corporal

Você já imaginou que o seu organismo trabalha todo o tempo para manter a temperatura corporal em torno de 37°C. E que esta temperatura é a ideal para estabilizar as...

A máquina mais poderosa

Uma quantidade considerável de estudos científicos sobre o cérebro humano estão desvendando os “poderes” desse órgão. A máquina mais complexa que existe é o cérebro. Já é possível entender como...

O que é Terapia Bio-Cranial?

É com raro orgulho que assinamos essa apresentação, pois pessoalmente, a longo tempo temos observado os resultados clínicos altamente positivos da abordagem crânio-sacral e consideramos a Terapia, hoje chamada de...

Você é insubstituível na arte de ser feliz

Se pararmos para refletir se vale a pena viver,  chegaremos a um denominador comum: “o desejo de realização e felicidade está dentro de nós e pulsa a cada milésimo de...