Quando eu devo levar a criança para exame ocular?

Não há idade fixa para ir ao oftalmologista!

Recém-nascidos que apresentem fotofobia, olhos vermelhos ou com secreção, pupila branca, lacrimejamento constante, estrabismo ou olhos esbranquiçados devem ser levados de imediato.

Também deve levar, se você notar que a criança:

 

  • Reclama de dor de cabeça e/ou lacrimejamento durante ou após esforço visual (na escola, TV, leitura);
  • Aperta ou arregala os olhos para ver melhor;
  • Aproxima-se da TV ou do livro para ler
  • Evita brincadeiras ao ar livre;
  • Apresenta desinteresse na leitura;
  • Apresenta caspa nos cílios;
  • Possui olhos assimétricos ou que se entortam;
  • Ao tapar um dos seus olhos, chora ou fica agoniada.

Também devem ser levadas ao oftalmologista o quanto antes.

Quando os pais tiverem problemas oculares como estrabismo (olho torto), grau alto de óculos ou visão baixa, deve fazer exame já nos primeiros anos de vida.

Os principais problemas que uma criança pode vir apresentar desde o nascimento são: Catarata, cristalino opaco; Glaucoma, aumento da pressão intra-ocular; Estrabismo, desvio ocular; Retinoblastoma, tumor intra-ocular; Ptose, pálpebra caída; Obstrução dos canais lacrimais.

Para as que não apresentam quaisquer destes problemas acima, a primeira consulta deve ser entre os 3 e os 4 anos de idade. Para prevenir o aparecimento de problemas na vista, são três as recomendações básicas: consultar o oftalmologista com regularidade, não coçar os olhos e ter uma alimentação rica em vitaminas A (ovos, peixes gordurosos, vegetais verde-escuros e vísceras) e E (frutas secas, óleos vegetais e gérmen de trigo). Mas não adianta ingerir altas doses de vitaminas depois que o problema aparece, pois elas não desfazem o estrago.

Veja todos os artigos de

Outros artigos

Dermatologia X PNL

É interessante como na história da humanidade os conceitos de corpo e mente se alternam, como num circulo: ora estão ligados, como nossos ancestrais, os povos mais antigos, as grandes...

Sensibilidade Pós-Operatória

A dentina, constitui a massa principal do dente e lhe dá a forma geral. É caracterizada como sendo um tecido duro, assim como o osso, mas permeável, com microtúbulos em...

Insuficiência Arterial Periférica

A insuficiência arterial periférica é o resultado da diminuição do fluxo sangüíneo arterial para os membros podendo manifestar-se através de síndromes isquêmicas agudas ou crônicas. A aterosclerose obliterante é de...

Infarto hemisférico maciço pós traumatismo crânio encefálico em lactente: evolução de um caso

Brito, SA; Bortman, A. Unidade de Pediatria do Hospital e Maternidade Leão XIII Objetivo: Relatar a evolução, apresentar documentação de imagem de um caso de trauma de crânio submetido a duas...

Neuroendocrinologia

  A neuroendocrinologia limitava tradicionalmente seu campo de atuação ao estudo das relações entre o sistema nervoso central ( SNC) e o sistema endócrino.Sua atenção, atualmente, expande-se para o entendimento...

A Manipulação de medicamentos

A prescrição e uso das fórmulas magistrais ( medicamentos manipulados ) estão sendo cada vez mais comuns. Isto se deve principalmente ao preço dos medicamentos manipulados que na maior parte...